Parcelamos em até 10x com parcela mínima de R$200 | SP Capital frete grátis acima de R$400

Entenda como surgiu e quais as características de cada saca-rolha.

Bonjour!

O mundo do vinho possui inúmeros acessórios, mas dois são fundamentais: a taça e o saca-rolhas. Hoje vamos falar das mais variadas opções de saca-rolhas quanto ao formato, tipo de material, praticidade e suas curiosidades.

Os franceses e italianos podem ser os mais famosos produtores de vinhos do mundo, mas os ingleses são aqueles que sempre estiveram com um pé no mundo do vinho. O saca-rolhas foi inventado na Inglaterra, como a maioria das outras invenções, no século XVII. Isso porque os ingleses fizeram a revolução industrial e conseguiram pôr em prática inúmeras melhorias, como a criação da tecnologia para soprar vidro e produzir garrafas. Com os vinhos engarrafados em garrafas de vidro tudo melhorou:  o envelhecimento, a conservação do vinho, o seu transporte, a sua venda por quantidade unitária e por consequência, a invenção do saca-rolhas. Afinal, eles precisavam de algo para abrir as garrafas. No princípio, fechavam as garrafas com pequenos pedaços de madeira roliços envoltos por uma estopa embebida em óleo, que escondiam colocando cera ao redor do bico da garrafa. Em alguns livros e textos lemos que nas primeiras garrafas tinham cordões amarrados nessas peças de madeira para poder facilitar a abertura.

Tudo realmente melhorou em termos de qualidade de vedação e praticidade, quando começaram a fechar as garrafas com rolhas de cortiça. Com isso foi necessário o saca-rolhas.

O seu conceito foi inspirado de um “saca-bala” de canhão ou de armas, que às vezes precisavam ser desentupidas quando as balas ficavam presas. Depois de muitas adaptações eles chegaram no saca-rolhas em formato de T

Saca-bala
Saca-rolha em Formato de T

Quem já abriu uma garrafa de vinho com um desses abridores em formato de T sabe que é difícil de tirar a rolha porque não temos uma alavanca, um apoio. Então, um inglês (de novo os ingleses) inventou o primeiro abridor com um forte aro em metal, uma espécie de um tubo vazado, que encobria o gargalo da garrafa dando apoio na hora de remover a rolha. O legal é que esse sistema inspirou muitos outros saca-rolhas, inclusive o “zig-zag” que já foi popular e hoje é objeto de colecionador – veja o mini vídeo – e muitos outros mais modernos.

saca-anel
Saca-rolhas atual inspirado no modelo antigo

Mas ainda assim não era o saca-rolhas ideal. Até que no século XIX um alemão chamado Carl F.A. Wienke inventa o abridor “amigo do garçom”. 

saca-rolhas “Amigo do Garçom”

Graças a ele temos até hoje o mais usado e um dos mais práticos abridores de garrafas de vinho. Ele pode ser mais simples, mais elaborado, de marcas caras ou acoplados a facas e canivetes, o importante é sempre ter essa alça de apoio que permite remover a rolha com suavidade e sem grande esforço.

Outro abridor comum e muito antigo é o estilo “Charles de Gaulle”. Com duas alças de apoio e mais um tubo para apoiar no gargalo da garrafa, ele é super prático.

saca-rolhas Charles de Gaulle

É só colocar a garrafa dentro do tubo, começar a rodar no topo para que o perfurador entre na rolha. As alças vão automaticamente se levantando até parar quando atingimos o nível correto da rolha perfurada. Nesse momento é só baixar as alças com as duas mãos e a rolha sai. 

O único inconveniente é que ele é um saca-rolhas pesado, principalmente nas alças já que elas devem agir como contrapeso. E caso você se pergunte o por que ele é chamado de saca-rolhas Charles de Gaulle, olhe as duas fotos abaixo e você vai entender.

Há também a famosa pinça, que às vezes vem com o perfurador do abridor no meio. A pinça serve para remover uma rolha muito antiga e que pode ser partida em pedaços. 

Para usar é simples: depois que o perfurador delicadamente entra na rolha, usamos a pinça pegando a rolha pela lateral exercendo uma leve pressão para ela não esfarelar em pequenos pedaços. O sucesso da rolha intacta vai depender do estado da rolha antiga e da destreza da pessoa. Pode acontecer quando a rolha está muito velha, ela se partir em vários pedaços mesmo com a grande habilidade da pessoa. O jeito é deixar os pedaços decantarem e servir o vinho delicadamente para não ter migalhas de cortiça na taça. Muitos indicam filtrar o vinho, mas isso depende da idade dele, lembrando que o um vinho muito antigo deve evitar muito movimento.

Caso você ache complicado e difícil todos esses abridores, hoje em dia há uma série de saca-rolhas automáticos para facilitar a vida. A maioria vem com um carregador bi volt e você só precisa encaixar o aparelho no gargalo e apertar um botão para extrair. Alguns mais modernos, como o caso da marca  Xiaomi Circle Joy Luxe, você nem precisa apertar um botão. Você encaixa o aparelho no gargalo e ele tem um sensor que o ativa. Simples assim! 

abridor elétrico

E finalmente temos o melhor de todos: o Coravin. 

O Coravin é um produto americano e seu objetivo é servir um vinho sem remover a rolha. Através de uma agulha super fina que entra pela trama da cortiça empurrando-a sem a perfurar, ela remove o vinho e enxerta o gás argônio para evitar que haja oxigênio na garrafa. Quando removemos a agulha a trama da cortiça volta ao normal. Esse é um aparelho tanto de uso dos profissionais quanto para amadores. Os profissionais porque devem degustar várias garrafas ao mesmo tempo e não vão consumir todas. Imagine um profissional que deve degustar 25 garrafas diferentes ou um vigneron que apresenta seus vinhos hoje a um grupo e só vai ter uma nova degustação em 3 semanas. Em ambos os casos o Coravin vai preservar os vinhos por meses. E para os amantes de vinhos que querem tomar uma garrafa num sábado à noite, mas sabem que não vão terminá-la nos próximos dias, o Coravin está aí justamente para impedir que você jogue fora pela pia da cozinha.

Esses são alguns abridores de vinhos que citamos, mas existe uma infinidade de formatos, materiais e preços. Existe um que se chama coelho, outro em formato de um pé de vinha, alguns acendem luzes, outros mais divertidos e etc. E você, conhecia todos esses?  Qual você mais usa? Qual o mais prático? Independente do seu abridor o mais importante é nunca ficar sem nenhum.

FILTROS DE BUSCA

  • TIPO

  • REGIÃO

  • PRODUTOR

  • UVA

  • SAFRA

  • ORDENAÇÃO

  • Limpar filtros
× Como posso te ajudar?