Saiba como harmonizar os vinhos com as ceias de Natal e Ano Novo

O Natal e Ano Novo estão chegando e sempre vem aquela questão crucial: como vamos harmonizar os vinhos com os pratos das ceias?

Nessas horas temos que pensar na simplicidade: uma festa de Natal e Ano Novo é para reunir a família e um pequeno grupo de amigos com paladares diferentes. Então o melhor é fazer escolhas seguras de vinhos que vão agradar a todos e que se acordam facilmente. Preparem a caneta e vamos anotar as recomendações! 

Aperitivos – Queijos, embutidos, azeitonas, canapés de salmão defumado, pistache e frutas secas cítricas

Harmonizamos com o Champagne Pierre Gerbais L’Osmose – 100% Chardonnay, com bela tensão, preciso, notas de cítricas como abacaxi e um toque aromático salgado. Pode também ser servido com uma entrada salgada como peixes grelhado, vieiras ou ostras.

Entradas – Salpicão, salada de grão de bico, salada de lentilha, vieiras

Podemos tanto harmonizar com o Champagne Pierre Gerbais descrito acima ou com um vinho Chablis Premier Cru Les Fourneaux, 2013 do Domaine Dampt Freres. Ele é 100% Chardonnay, perfeito para entradas como saladas ou peixes ou como o salpicão devido as notas frutadas cítricas bem equilibradas com notas de cereais. A sua mineralidade traz um frescor a mais perfeito para as saladas. 

Outro vinho que podemos fazer um ótimo acorde é o village Marsannay Les Champs Perdrix, 2017 do Domaine Marc Roy, também 100% Chardonnay. Um vinho excelente, único, extremamente elegante e equilibrado, leve, que agradará a todo e qualquer paladar. Com notas cítricas levemente salinas com um leve, bem leve toque untuoso envolvendo toda a boca. Longa persistência na boca, deixando uma sensação de “quero mais”. Um vinho village, mas que sem dúvida nenhuma merecia ser um Premier Cru. Simplesmente divino para acompanhar os pratos acima e ainda para provar um pouco da farofa sem ninguém ver! 

Pratos Principais – Peru, Tender, Chester, farofa e salada de maionese. 

Chegamos aos pratos principais e as sugestões são: 

Tender com Côte du Rhône Vielles Vignes 2016 Domaine La Millière. Um vinho tinto de blend de 80% de Grenache e 20% de Syrah. Um vinho tinto do Rhône já é um vinho que respeitamos pelo seu potencial, aromas, corpo e esse em específico é perfeito para acompanhar um tender de Natal. Com aromas apimentados, animalescos de couro e em seguida abrindo um perfume delicioso de frutas negras bem aromático, ele é perfeito para acompanhar uma carne mais pesada como o tender. O seu teor alcoólico é mais alto, característica da região mais ensolarada, sustentando o intenso sabor do tender.

Peru, Chester e guarnições : Pommard 2014 do Domaine Charles François et Fils e o Corton Grand Cru 2015 Le Rognet do Domaine Arnoux Père e fils.

Ambos os vinhos são 100% Pinot Noir da Côte de Beaune, mas de terroirs diferentes. O Pommard é um vinho village chave para festas de finais de ano. Com um bom corpo, boa presença, mais encorpado do que os demais da Côte de Beaune e boa persistência na boca, ele acompanha todas os pratos acima.
A finesse e elegância do Corton Grand Cru é para fechar a refeição com chave de ouro! Uma longa persistência na boca, aromas frutados de frutas vermelhas bem pronunciados, uma tensão que sustenta com perfeição o vinho, extremamente elegante e fino faz com que essa escolha seja precisa e certeira. É um vinho que deve ser servido por último devido a sua maior complexidade. 

Essas são algumas sugestões especiais que separamos por aqui. Escolhas seguras de ótimos vinhos de produtores especiais. Caso queira recomendações mais específicas, não hesitem em nos procurar!
Teremos o prazer em lhe ajudar.

Desejamos um feliz natal e que a passagem para 2021 seja repleta de saúde, amor, prosperidade e alegria. 

São os votos da família da Anima Vinum!

FILTROS DE BUSCA

  • TIPO

  • REGIÃO

  • PRODUTOR

  • UVA

  • SAFRA

  • ORDENAÇÃO

  • Limpar filtros